Os Cananeus

História
Antes da entrada do povo de Israel em Canaã sendo liderados primeiramente por Moisés e posteriormente por Josué, por volta do ano 1.200 a.C. a Bíblia nos fala que o povo de Israel ao chegar na “Terra Prometida”Terra de Canaã depara-se com um grande obstáculo e quem sabe até inesperado, a terra da qual Deus falara estava ocupada. Havia também um agravante para os israelitas, os habitantes daquela terra eram teoricamente mais fortes do que eles. Eles eram conhecidos como cananeus. Porém, existem três formas de aplicação para o termo “cananeu” na Bíblia, são eles:
1. Como tribo – Existiam várias tribos que habitavam àquelas terras e uma delas se chamava como a tribo dos cananeus, que eram também descendentes do filho mais novo de Cão, que se chamava Canaã;
2. Como descendentes de Canaã – Os filhos de Canaã e seus descendentes passam a denominar-se como cananeus;
3. Como habitantes daquela região – Nesta aplicação o termo cananeu quer dizer “habitantes de terras baixas”, ou seja, tantos os descendentes diretos dos filhos de Canaã, quanto aos povos que não descendem de Canaã.
O que caracterizava as cidades dos descendentes de Canaã com os outros povos eram as seguintes:
• Eram muradas e fortificadas;
• Quase todas possuíam um rei, exceto, umas poucas de natureza nômade;
• Geralmente essas cidades eram independentes;
• Eram bastante belicosos, ou seja, preparados para guerras;
• Quase todas as cidades sofriam influências egípcias
Os habitantes de Canaã, cananeus, estão referenciados como os descendentes de Cam, um dos filhos de Noé. Compunham sete nações distintas “Quando Yahweh(Jeová) teu Deus te houver introduzido na terra em que estás entrando para possuí-la, e expulsado nações mais numerosas do que tu – os heteus, os gergeseus, os amorreus, os cananeus, os ferezeus, os heveus e os jebuseus – sete nações mais numerosas e poderosas do que tu (…)” (Deuteronômio 7:1). O nome cananeus era a designação geral de todos os habitantes da região; em sentido mais restrito, aplica-se aos habitantes da planície de Esdraelon e planícies em volta. “Amorreus” era também uma designação geral, algumas vezes aplicada a todos os habitantes, porém mais especificamente a uma tribo que habitava ao oeste do Mar Morto que conquistara o território a leste do Jordão, afastando os amonitas. “Ferezeus” e “Jebuseus” ocupavam as montanhas do Sul. “Heveus” e “heteus”, grupos dispersos do poderoso reino do Norte que tinha sua capital em Carquemis, ocupavam a região do Líbano. “Gergeseus”, pensa-se que habitavam a leste do mar da Galiléia, embora nada se saiba ao certo sobre eles. Os limites de todos estes povos variam e em diferentes épocas ocuparam diferentes lugares. Os Cananeus são descritos pela Bíblia como grandes e poderosos; idólatras, supersticiosos, profanos e iníquos. A terra dos cananeus, Canaã, era a terra prometida para Abraão e os patriarcas como herança. Abraão residiu nesta terra e os hebreus viveram nela até um período anterior a história de José. A fome então retíra-os de Canaã e os traz para o Egito. O povo hebreu foge do Egito no episódio conhecido como “êxodo” e vaga novamente para a terra que Deus prometeu, Canaã, primeiro na liderança de Moisés e depois na de Josué, seu sucessor, que guiou os israelitas através do rio Jordão para conquistar e ocupar finalmente esta terra dividindo-a entre as tribos.

Religiãodeuses cananeus
A religião dos cananeus estava já bem estabelecida na Palestina antes da Conquista Israelita sendo muito elaborada em seus ritos e perfeitamente identificada com os interesses e as ambições de uma população agrícola. Era identificada com a natureza e tinha como objetivo ensinar aos homens a cooperarem e controlarem o ciclo das estações. Entre as suas muitas divindades, Baal era o seu deus principal, o “Senhor da Terra”, que também era o deus do tempo atmosférico. Astarote, mulher de Baal era a personificação do princípio reprodutivo da natureza, Istar era o seu nome babilônico; Astarte, seu nome grego e romano. Os templos de Baal e Astorete eram comumente próximos. Sacerdotisas eram prostitutas dos templos. Sodomitas eram homens da mesma espécie que também agiam nos templos. Existiam outros deuses cananeus e o culto a eles consistia em orgias.
Os cananeus tinham como prática religiosa comum o sacrifício de crianças.SACRIFICIO Em escavações feitas por Macalister em Gezer, 1904-1909, foram encontradas ruínas de um “Lugar Alto”, que tinha sido um templo, no qual ocorria a adoração de Baal e Astarote. Sob os detritos, neste local, foram encontrados uma grande quantidade de jarros contendo despojos de crianças recém-nascidas, que haviam sido sacrificadas a Baal. A área inteira se revelou como sendo cemitério de crianças. Em Meggido, Jericó e Gezer as escavações revelaram que era comum o “sacrifício dos alicerces”; quando se ia construir uma casa, sacrificava-se uma criança, cujo corpo era metido num alicerce, a fim de trazer felicidade para o resto da família.

About these ads
Published in: on 16 de outubro de 2009 at 19:34  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: http://conhecimentobiblico.wordpress.com/2009/10/16/os-cananeus/trackback/

Feed RSS para comentários sobre este post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: